19.8.09

sugestão

sugiro ler com pausas
em silêncio


respirando

e sentindo
o que se vê

15 comentários:

Jacqueline disse...

Não sei porquê mas tanto neste blog como no galhos.net eu senti algo familiar. Não sei o quê, I really don't know, but I felt that.

bruno nobru disse...

talvez sejamos parentes..

Sophia Vieira disse...

Bruno, respondi como vc, lá na minha página...
Sobre o Clube da Luta, eu gostei muito! Vi mais de uma vez... É fantástico! Tem umas frases de impacto, e essa eu adoro: "Você só é realmente livre após perder tudo.
Pois aí nao terá o que perder, e, enfim, encontrar-se-á livre."
Na verdade todo o filme fala disso, e de uma forma super legal! Eu demorei pra sacar, só no final mesmo(por isso assisti de novo! hehe). Surpreendente!

Não vou no encontro da psico. Qria muito! Mas tô morando no RS agora! Nem vai dar pra ir... Imagino que vá ser bem legal! Vc vai?

Legal essa postagem aqui...
Tá aí ó, o Clube da Luta sugiro também que se assista assim. Talvez não com pausas, mas 2, 3 ou 4 vezes... "sentindo o que se vê".

Só não precisa sentir os socos e ponta pés! =)

Abrass

transparessencia disse...

sentindo o que não é possível ver.
sentindo o que apenas se sente.

adorei teus comentários no meu blog.
e quanto ao seu blog eu dispenso comentários..não existem palavras :)

aparece :)

Nydia Bonetti disse...

deveríamos ler a vida assim...
gosto muito dos teus poemas, bruno. vou te lincar la no longitudes, posso?. bjo.

Márcio B. S. disse...

Parece-me q respirar hj em dia é um privilégio! Sobre o Clube da Luta, sugiro pausar naquelas partes em q aparecem as "mensagens subliminares" ^^

bruno nobru disse...

transparecencia, valeu! aparecerei mais vezes, muito bom seu espaço..

bruno nobru disse...

Nydia, pena que tem coisas que aparecem sem tempo e a gente as vezes engole sem saborear.. obrigado pelo comentario, apesar de que não sinto que escrevo poemas (não sei como nomea-los, algumas vezes os chamo de "trechos"), mas pode lincar a vontade sim, obrigado! tambem estou te lincando por aqui!

bruno nobru disse...

Marcio! cara, como dizia meu amigo Roney, tem que respirar até pra andar..rs.. tem uma mensagem muito massa que rola bem no começo do filme clube da luta se vc pegar o dvd pra assistir, mas é muito rapida e não da para pausar e ler.. um amigo me passou, se quiser te passo depois.. as imagens subliminares que aparecem sao piradas mesmo... valeu!

bruno nobru disse...

Sophia, dependendo do caso, pode ate fazer bem os socos e pontapés! rs..
vou tentar passar la no encontro, mas dia de semana é meio corrido.. tenho uma porção de citações que anotei do Tyler Durden do filme, tem até uma que uso aqui no blog junto com outras frases a direita.. as vezes pode ser útil pra não se esquecer.. pois a mente mente.. viaja por lugares que por vezes nem sente o que se sente..

Max disse...

Olha, criei meu blog com o intuito de discutir meus escritos e o de outras pessoas, mas sempre acaba caindo nos comentários generalizantes que podem ser feitos só lendo o título...
Pensando nisso acabei de criar uma comunidade pra ver se facilita essa troca de críticas, a princípio é pra divulgar meus trabalhos e o de outras pessoas,mas tudo pode mudar a depender dos rumos. Se tiver interesse, entre pra comunidade, ok?

O link:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?rl=cpp&cmm=93495399

Max disse...

O que colocou sobre as palavras é o que sempre se discute na música, principalmente entre guitarristas, ou seja, não dão espaço para o silêncio, sem se dar conta da importância de se preparar o "cenário" pra uma nota. Assim é na escrita, as pausas e silêncios funcionam para sustentar todo o escrito.
Gostei da forma como colocou a respiração no meio, está comprovado que quanto maior nossa capacidade pulmonar (com exercícios físicos) mais facilmente aprendemos as coisas, já que, ainda que não pareça, uma pausa mais prolongada faz a diferença na respiração e em uma leitura.
Seus poema está estruturado de acordo com a proposta, gostei dele, muito bom! =)

bruno nobru disse...

Max, sinto falta desse silêncio quando pego alguns livros para ler, parecem tão cheios, assim como algumas músicas para escutar.. por vezes fico escutando erik satie ou cat power (moon pix e myra lee) para me limpar..
mas eu não sabia da capacidade pulmonar para aprendizagem.. muito bom isso, você conhece exercícios que se possa fazer a melhorar a respiração? talvez yoga?

B. disse...

sempreee! leer e escrever com silêncio, com o coração, flutuando nas próprias idéias!
adoreii seu post e seu blog, me identifiquei com sua escrita!

se der dá uma passadinha no meu:


http://pequenab.blogspot.com/

beijos!

bruno nobru disse...

B., sem esse movimento para leitura tal como você descreveu, o ato de ler não me faz sentido, valeu!